Comunicado DRHU - 13, de 27-7-2007


O Diretor do Departamento de Recursos Humanos divulga os Conceitos básicos e eixos temáticos das Áreas de Conhecimento que integram os Exames Supletivos - Ensino Fundamental e Ensino Médio bem como a relação de sites para consulta sobre Referências Bibliográficas, elaborado pela Coordenadoria de Ensino e Normas Pedagógicas - CENP:

 

I - ENSINO FUNDAMENTAL


A -ÁREA DE LINGUAGENS e CÓDIGOS


Componentes Curriculares: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna (Inglês) e Educação Artística


a) Gerais:


1 - Estabelecer a relação de sentido existente entre um texto e sua formulação em outras linguagens - verbal ou visual, sonora e corporal -, ou vice-versa.
2 - Reconhecer a diversidade da produção artística e cultural, identificando-a em manifestações e representações populares nas diferentes épocas e regiões do Brasil.


b) Específicas:


A partir de um texto instrucional (bula ou manual de instrução):


1 - Identificar marcas de segmentação próprias do gênero, tais como título e subtítulos, paragrafação, relacionando-as ao conteúdo tratado;
2 - Analisar o emprego de expressões adverbiais para orientar a seqüência ou os aspectos da execução dos procedimentos.

 

A partir de um texto epistolar (carta):

 

3 - Localizar índices que permitam reconhecer o tratamento dado ao destinatário do texto;
4 - Identificar a finalidade do texto;
5 - Identificar marcas que caracterizem registros formais da língua.


Com base em um texto de imprensa (reportagem ou entrevista):


6 - Reconhecer a síntese da matéria, a partir das informações presentes no texto;
7 - Reconhecer os argumentos apresentados para fundamentar a posição assumida pelo autor;
8 - Reconhecer as categorias explicativas básicas dos processos lingüísticos, demonstrando domínio do léxico da língua.


Dado um texto publicitário (propaganda):


9 - Identificar índices que permitam reconhecer o público alvo;
10 - Estabelecer relações de sentido entre o texto e o uso de recursos gráfico-visuais (cores, formas, linhas, planos, estilo, equilíbrio) ou de escolhas lexicais;
11 - Reconhecer os argumentos apresentados para convencer o leitor a consumir determinado produto ou a aderir a determinados valores ou atitudes.

 

Com base em textos de divulgação científica (verbetes de enciclopédia, biografia):

 

12 - Localizar informações solicitadas no texto;
13 - Relacionar informações presentes no texto, para construir uma compreensão local de certas passagens;
14 - Reconhecer exemplos, comentários ou justificativas para fundamentar uma informação apresentada;
15 - Estabelecer relações lógico-discursivas presentes no texto, marcadas por conjunções, advérbios, adjetivos etc.


A partir de textos literários (crônicas, poemas e letras de canções populares):


16 - Reconhecer os gêneros selecionados a partir de suas características estruturais;
17 - Inferir, a partir de elementos presentes no próprio texto, situações de ambigüidade, ironia ou pressuposições;
18 - Relacionar o ponto de vista do narrador com o desenvolvimento do enredo;
19 - Identificar seqüências descritivas que permitam caracterizar as personagens, ou o cenário, ou a época do(s) episódio(s) narrado(s);
20 - Identificar referências intertextuais;
21 - Identificar em textos de diferentes gêneros as variedades lingüísticas, em função de aspectos sociais, regionais e de registro (situações de formalidade e coloquialidade);
22 - Identificar marcas que caracterizam as especificidades do português do Brasil decorrentes das influências dos diferentes povos (africanos, europeus e indígenas) que formaram a civilização brasileira.
23 - Inferir as intenções do autor marcadas no texto;
24 - Analisar os efeitos de sentido obtidos a partir do tratamento expressivo da sonoridade, da linguagem figurada;
25 - Reconhecer os procedimentos de construção do texto literário;
26 - Identificar em um texto literário as relações entre tema, estilo e contexto histórico de produção;
27 - Analisar o emprego dos tempos verbais para marcar a anterioridade e a posterioridade em relação aos fatos narrados.
28 - Localizar informações solicitadas em textos, inclusive em língua inglesa, identificando, o assunto tratado em notícias de jornal, diálogos do cotidiano e pequenos contos;


Redação:


Produzir um texto em que haja predominância de seqüências narrativas.
Na construção do texto, espera-se que o aluno seja capaz de:
- assegurar unidade temática ao texto, considerando a proposta apresentada e seu projeto pessoal;
- elaborar o texto dentro das características impostas pelo gênero;
- ajustar o texto aos padrões da escrita em seus aspectos mais freqüentes e regulares.


B - ÁREA DE CIÊNCIAS HUMANAS


Componentes curriculares: História e Geografia


a) Gerais:


1 - Confrontar interpretações de fatos ou de situações de natureza histórico-geográfica, comparando pontos de vista, identificando pressupostos e analisando a validade dos argumentos interligados.
2 - Descrever um fato histórico, social, político ou cultural em diferentes tipos de linguagem.
3 - Descrever transformações no espaço geográfico e nas populações humanas, utilizando escalas de tempo.
4 - Analisar dados apresentados em gráfico cartesiano de variável sócio-econômica, identificando os valores das variáveis e as faixas de variação.
5 - Reconhecer que a sociedade e a natureza possuem princípios e leis próprias e que o espaço geográfico resulta das interações ocorridas entre elas, historicamente definidas.


b) Específicas:


1 - Interpretar fatos geográficos, utilizando recursos cartográficos como mapas, tabelas, gráficos e outros.
2 - Estabelecer relações entre o lugar de vivência do aluno e espaços regionais, nacionais e mundiais.
3 - Reconhecer os elementos naturais característicos decada domínio morfoclimático brasileiro.
4 - Compreender o conceito de espaço geográfico e sua dinâmica, decorrente de seu processo de produção e de sua estrutura de organização.
5 - Distinguir cidade e campo, a partir de suas peculiaridades, interdependência e complementaridade.
6 - Avaliar e reconhecer os processos de industrialização e de urbanização, presentes em diferentes espaços do Brasil e do mundo.
7 - Compreender a Divisão Internacional do Trabalho vigente em diferentes períodos históricos e suas transformações no século XX.

8 - Avaliar o papel exercido pelos blocos econômicos no processo de organização do espaço mundial e suas conseqüências.
9 - Entender as relações geopolíticas do mundo moderno e reconhecer as diferentes formas de poder no mundo contemporâneo.
10 - Relacionar o modo de vida urbano-industrial à problemática ambiental, sobretudo às mudanças climáticas globais.
11 - Localizar em mapas a concentração da indústria no Brasil.
12 - Explicar os aspectos político-históricos que justificam a concentração espacial da indústria no Brasil.
13 - Identificar as problemáticas atuais relacionadas à escassez de recursos hídricos e à geração de energia no Brasil e no mundo.
14 - Caracterizar as principais diferenças na forma de produção da vida material e cultural existentes nos territórios indígenas, antes da ocupação portuguesa e na atualidade.
15 - Analisar as condições de vida e de trabalho dos povos indígenas na América Espanhola, em especial de astecas, maias e incas, antes da chegada dos espanhóis e durante a colonização espanhola.
16 - Analisar as condições de vida e trabalho dos africanos trazidos para trabalhar na agricultura de exportação, na mineração, na produção de alimentos e nos espaços urbanos brasileiros.
17 - Reconhecer as formas de resistência dos africanos à sua escravidão.
18 - Caracterizar a Revolução Francesa como um momento significativo na conquista dos direitos civis, relacionando-a com a expansão das idéias liberais.
19 - Relacionar as guerras provinciais - Confederação do Equador, Guerra dos Farrapos, por exemplo - com o processo político de independência do Brasil.
20 - Estabelecer relações entre o Renascimento, as grandes navegações, a expansão comercial européia ultramarina à ocupação do continente americano pelas nações européias.
21 - Relacionar o desgaste da Monarquia e a instauração do Regime Republicano, a partir de 1889, com a expansão do capitalismo no Brasil.
22 - Estabelecer relação de causa/conseqüência entre o imperialismo e as duas Guerras Mundiais.
23 - Caracterizar a organização político-territorial do mundo após a II Guerra Mundial, relacionando-a à bipolarização econômico-militar do mundo.
24 - Reconhecer a expansão dos impérios estadunidense e soviético como origem dos conflitos que caracterizaram a Guerra Fria.
25 - Identificar as causas do declínio da União Soviética e seus desdobramentos.

 

C - ÁREA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA e MATEMÁTICA

 

Componentes Curriculares: Ciências Físicas e Biológicas e Matemática

 

a) Gerais:


1 - Confrontar diferentes interpretações de fatos ou situações de natureza científico-tecnológica, comparando pontos de vista e identificando a validade das argumentações.
2 - Identificar e selecionar variáveis relevantes para interpretar experimentos ou fenômenos de natureza científico-tecnológica.
3 - Analisar dados apresentados em gráfico cartesiano de variável científico-tecnológica identificando os valores das variáveis e as faixas de variação.
4 - Descrever fenômenos ou fatos de natureza científico-tecnológica em diferentes tipos de linguagem.
5 - Descrever transformações na atmosfera, biosfera, hidrosfera e litosfera, utilizando escalas de tempo.


b) Específicas:


1 - Relacionar posições relativas da Terra e do Sol com as estações do ano e relacionar os ciclos do sistema Terra-Lua-Sol com as unidades de tempo: dia, semana e ano.
2 - Apontar em uma escala de tempo eventos descritivos da história do planeta, como por exemplo, o surgimento da Terra, da vida, da atmosfera com oxigênio, das plantas, dos animais terrestres e do ser humano.
3 - Diferenciar os principais biomas brasileiros - Floresta Amazônica, Mata Atlântica, Campos, Cerrado, Pantanal, Caatinga, Mata de Araucária e Manguezais - apontando características comuns ou específicas na fauna, na flora, nos tipos de solo, nas condições climáticas, apresentadas em textos, esquemas, desenhos ou fotos.
4 - Diagnosticar condições de equilíbrio em diferentes tipos de teias alimentares descritas em situações reais.
5 - Comparar, em exemplos concretos, processos vitais equivalentes, como a absorção e o uso de energia em vegetais e animais, a obtenção de oxigênio em diferentes vertebrados, observando funções e mecanismos.
6 - Interpretar processos biológicos, em experimentos simples, como a participação de bactérias e fungos em processos de fermentação.
7 -Associar as mudanças de estado físico da água a processos naturais - chuva, degelo - e os de outras substâncias, como o ferro, a processos tecnológicos - fundições, siderúrgicas - fazendo uso de gráficos, tabelas e outras de representação.
8 - Identificar em situações reais, os processos mais adequados de extração, separação física ou química, purificação ou combinação de substâncias para utilizações práticas.
9 - Identificar processos de geração e uso de energia elétrica, na transformação de energia térmica ou mecânica em eletricidade, em usinas termelétricas ou hidrelétricas.
10 - Reconhecer processos físicos, químicos e biológicos utilizados na produção de alimentos de matérias primas e outros bens, a partir de publicações ou ilustrações de atividades produtivas extrativas primárias, como a mineração e a agricultura, industriais de base, como a siderurgia, e de produção de bens de consumo.
11 - Reconhecer a função de fusíveis e disjuntores, na proteção de uma instalação elétrica contra curtos-circuitos e sobrecargas, e a função de pára-raios, na proteção contra descargas elétricas atmosféricas naturais, em situações problemáticas reais.
12 - Identificar procedimentos físicos, químicos e biológicos para o tratamento de água.
13 - Reconhecer a existência de radiações eletromagnéticas naturais, como a luminosa e a térmica, e tecnicamente produzidas como microondas e lasers, raios X e gama, identificando usos e riscos.
14 - Diagnosticar problemas de poluição ambiental, em situações reais e elaborar hipóteses quanto a suas causas e propostas para sua superação ou controle.
15 - Distinguir critérios, como tempo de degradação, grau de toxidez, escassez de matéria-prima no ambiente, que recomendam a realização de diversos processos de reutilização e reciclagem de restos agrícolas e industriais e do lixo urbano.
16 - Estabelecer relações entre diversos sistemas do corpo humano para a ocorrência das atividades fisiológicas, trocas respiratórias, digestão de alimentos, defesa, excreção, reprodução, locomoção, circulação e controle.
17 - Relacionar a reprodução dos seres vivos à transmissão do material hereditário.
18 - Reconhecer, em situações reais, fatores de risco que determinam ou favorecem o contágio e o desenvolvimento das Doenças Sexualmente Transmissíveis.

19 - Caracterizar as principais causas dos problemas de saúde do brasileiro, como carência alimentar, contágio e acidentes, relacionando-as a condições ambientais e sócio-culturais, por meio de dados reais fornecidos em tabelas, gráficos ou textos informativos.
20 - Selecionar formas de prevenção adequadas como vacinação, higiene pessoal, do ambiente, dos alimentos para evitar determinadas doenças.
21 - Reconhecer o significado dos números naturais em diferentes contextos, estabelecendo as relações entre os números como “ser múltiplo de”, “ser divisor de”.
22 - Resolver situações-problema de contagem, que envolvam o princípio multiplicativo, por meio de estratégias variadas, como a construção de diagramas, tabelas e esquemas, sem a aplicação de fórmulas.
23 - Utilizar em situações-problema operações de adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação com números inteiros e racionais, representados na forma decimal ou fracionária.
24 - Transformar situações concretas em expressões numéricas utilizando as propriedades conhecidas, para sua solução.
25 - Obter expressões equivalentes a uma expressão algébrica por meio de fatores e simplificações.
26 -Traduzir situações - problema em equações ou inequações do 1º ou 2º graus, utilizando as propriedades da igualdade ou desigualdade, na construção de procedimentos para a sua resolução.
27 - Utilizar para resolver situações - problema os conhecimentos sobre perímetro e área de polígonos regulares - triângulos, quadrado, retângulo, paralelogramo e losango.
28 - Empregar em situações concretas o reconhecimento e o cálculo do volume de sólidos geométricos - paralelepípedo, cone, prisma e cilindro.
29 - Utilizar em situações concretas o sistema padronizado de medidas - comprimento, área e volume, capacidade, massa e tempo - fazendo as conversões adequadas.
30 -Reconhecer em situações - problema, grandezas que são determinadas pela razão de duas outras, como por exemplo, densidade demográfica e velocidade.
31 - Interpretar a localização e a movimentação de pessoas/objetos no espaço tridimensional e sua representação no espaço bidimensional.
32 -Reconhecer em situações - problema os conceitos de grandezas direta ou inversamente proporcionais ou não proporcionais, utilizando estratégias variadas de solução como a regra de três.
33 - Interpretar a porcentagem como fração de denominador 100, utilizando o conceito na resolução de situações - problema, tais como juros simples.
34 - Interpretar informações apresentadas em tabelas e gráficos simples de linha, barra e setor, elaborados com dados de pesquisa.
35 - Resolver situação-problema que envolva a noção de probabilidade.

 

II. ENSINO MÉDIO


A -ÁREA DE LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS


Componentes Curriculares: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna (Inglês) e Educação Artística

 

a) Gerais:


1 - Estabelecer a relação de sentido existente entre um texto e sua formulação em outras linguagens - verbal ou não, ou vice-versa.
2 - Estabelecer relações entre textos literários e de informações sobre concepções presentes nas produções artísticas, musicais, visuais, teatrais e de dança, por meio se seu contexto histórico, social, político ou cultural.
3 - Reconhecer a diversidade da produção artística e cultural, identificando-a em manifestações e representações nas diferentes sociedades, épocas e lugares.
4 - Confrontar interpretações de fatos ou situações de natureza artístico-cultural ou do cotidiano, comparando diferentes pontos de vista, identificando os pressupostos de cada interpretação e analisando a validade dos argumentos utilizados.


b) Específicas:


5 - A partir de um texto instrucional (regulamento):
a) Identificar marcas de segmentação próprias do gênero, tais como título e subtítulos, paragrafação, relacionando-as ao conteúdo tratado.
b) Avaliar a legalidade de uma situação apresentada, aplicando o texto do regulamento.
c) Analisar processos de coesão por meio do emprego de preposições e conjunções.
6 - A partir de um texto epistolar (requerimento):
a) Localizar índices que permitam reconhecer o tratamento dado ao destinatário do texto;
b) Identificar a finalidade do texto;
c) Reconhecer os argumentos apresentados para fundamentar ou justificar a solicitação feita.
7 - Com base em um texto de imprensa (editorial):
a) Reconhecer elementos da estrutura argumentativa, como tese, argumentos e contra-argumentos.
b) Reconhecer os argumentos apresentados para fundamentar a posição assumida pelo autor
c) Analisar os recursos lingüísticos recorrentes, tais como: emprego de coordenadas explicativas e de subordinadas causais/consecutivas;
d) Analisar os recursos lingüísticos recorrentes tais como: emprego de coordenadas adversativas, de subordinadas concessivas e o emprego dos tempos verbais próprios à argumentação.
8 - Dado um texto publicitário (propaganda):
a) Identificar índices que permitam reconhecer o público alvo;
b) inferir, a partir de elementos presentes no próprio texto, situações de ambigüidade ou valores implícitos.
c) estabelecer relações de sentido entre o texto e o uso de recursos gráfico-visuais (cores, formas, linhas, planos, estilo, equilíbrio) ou de escolhas lexicais;
d) reconhecer os argumentos apresentados para convencer o leitor a consumir determinado produto ou a aderir a determinados valores ou atitudes.
9 - A partir de textos literários (canto, poemas e letras de canções da música popular brasileira):
a) Reconhecer características estruturais de narrativas ficcionais como conflito e desenlace, personagens e narrador.
b) Identificar seqüências descritivas que permitam caracterizar as personagens, ou o cenário, ou a época do(s) episódio(s) narrado(s).
c) Estabelecer a relação de causalidade entre os episódios narrados e o desfecho.
d) Identificar marcas que caracterizam a variação da língua, que em função de fatores geográficos (variedades regionais, urbanas e rurais), (ou histórico linguagem do passado e do presente) ou sociológicos (gênero, geração e classe social).
e) Analisar efeitos de sentido obtidos a partir do tratamento expressivo da sonoridade.
f) Analisar efeitos de sentido obtidos a partir do emprego de figuras de linguagem.
g) Analisar empregos dos pronomes.
h) Analisar o emprego do discurso direto e indireto.

i) Analisar o emprego dos tempos verbais para marcar a anterioridade e a posterioridade em relação aos fatos narrados.
j) Distinguir um texto literário de outro não-literário, a partir dos usos particulares da linguagem.
k) Perceber diferenças e semelhanças entre textos literários decorrentes de seu contexto histórico-literário de produção.
l) Distinguir traços estéticos característicos de determinado estilo de época por meio da comparação de textos literários.
m) Identificar, na língua inglesa, a mensagem contida em tiras, charges, propagandas ou manchetes de jornal.
n) Reconhecer a síntese da matéria, a partir das informações contidas em um artigo de jornal na língua inglesa.
o) Localizar informações solicitadas, tendo como base um anúncio classificado extraído de jornal ou revista na língua ou revista na língua inglesa.
p) Entender em língua inglesa,textos narrativos, informativos e instrumentais, o significado de termos ou expressões, interpretando-os, eventualmente, com base em ilustrações que os acompanham.

 

Redação:

 

A partir de uma proposta que contemple assuntos atuais, produzir um texto em que haja predominância de seqüências dissertativas.

Na construção do texto, espera-se que o aluno seja capaz de:
* Assegurar unidade temática ao texto, considerando a proposta apresentada e seu projeto pessoal;
* Elaborar o texto dentro das características impostas pelo gênero;
* Ajustar o texto aos padrões da escrita em seu aspecto mais freqüentes e regulares.

 

B - ÁREA DE CIÊNCIAS HUMANAS E SUAS TECNOLOGIAS


Componentes Curriculares: História e Geografia


a) Gerais:


1 - Confrontar interpretações de fatos ou de situações de natureza histórico-geográfica, comparando pontos de vista, identificando pressupostos e analisando a validade dos argumentos interligados.
2 - Descrever um fato histórico, social, político ou cultural em diferentes tipos de linguagem.
3 - Descrever transformações no espaço geográfico e nas populações humanas utilizando escalas de tempo.
4 - Analisar dados apresentados em gráfico cartesiano de variável sócio-econômica, identificando os valores das variáveis e as faixas de variação.
5 - Reconhecer que a sociedade e a natureza possuem princípios e leis próprias e que o espaço geográfico resulta das interações ocorridas entre elas, historicamente definidas.

 

b)Específicas:


1 - Identificar em textos discursivos ou ilustrações, as diferenças existentes entre as formas de ocupação do litoral e do interior brasileiro, a partir da compreensão do processo de colonização (período açucareiro e procura de drogas do sertão), ciclo minerador e ciclo da borracha.
2 - Reconhecer, em textos mapas do Brasil, o papel da mineração no século XVIII, da cafeicultura e das ferrovias nos séculos XIX e XX, na criação de povoados e cidades.
3 - Identificar no mapa do Brasil as diferenças regionais, apontando as áreas mais industrializadas, mais urbanizadas e de agropecuária moderna e tradicional.
4 - Analisar indicadores sociais para associar, ao contexto da urbanização brasileira, o aumento de expectativa de vida, a queda da mortalidade infantil e da taxa de crescimento vegetativo.
5 - Localizar, no mapa do Brasil, os principais fluxos migratórios, identificando as causas da expulsão e atração da população migrante ao longo de todo processo de colonização, imigração para o trabalho na cafeicultura e nos períodos da primeira e segunda guerras.
6 - Analisar os dados relativos à estrutura fundiária no Brasil, compreendendo o crescimento contraditório dos latifúndios e das unidades camponesas, através da compreensão das origens do latifúndio nas sesmarias (colonização) e formação dos engenhos de açúcar, apropriação da terra no coronelismo e sua transformação em propriedade privada através da lei de terras de 1850. A transformação da economia agro-exportadora em uma economia industrial urbana e os problemas políticos da reforma agrária em 1964, o estatuto da terra, a formação de movimentos de trabalhadores rurais sem terra e questões atuais grilagem.
7 - Identificar as diferenças entre os diversos conflitos gerados pela concentração de terra, em diferentes épocas na História do Brasil: Canudos, Contestado, as ocupações e conflitos entre posseiros, trabalhadores rurais sem terra, povos indígenas e comunidades quilombolas.
8 - Localizar e caracterizar as áreas correspondentes aos domínios morfoclimáticos brasileiros da Floresta Amazônica, Mata Atlântica, Mata de Araucária, Cerrado, Caatinga, Campos, Pantanal e Manguezais.
9 - Identificar fatores favoráveis à industrialização e sua variação no tempo, de acordo com o tipo de indústria, estabelecendo a identificação, diferenciação e compreensão das três fases da Revolução Industrial e suas repercussões no Brasil, durante os períodos do Segundo Reinado, através das tentativas de industrialização e seu crescimento durante os períodos da primeira guerra, de Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek.
10 - Diferenciar ordem bipolar do início do século XX da ordem multipolar esboçada no final do século, bem como, os problemas decorrentes da transição da economia planificada para a de mercado, nos países bálticos e no Leste europeu, através da compreensão do processo da Guerra Fria (1945-1989), da formação dos dois blocos, das estratégias de dominação, do fim do conflito político-ideológico e da nova ordem internacional.
11 - Localizar no mapa-múndi os atuais conflitos étnico-nacionais e os movimentos separatistas de nacionalidades que se sentem oprimidas.
12 - Associar impactos ambientais da sociedade industrial às modificações de biomas originais no Brasil.
13 - Explicar fenômenos climáticos regionais, observando e descrevendo o trajeto das principais massas de ar, durante uma determinada estação do ano.
14 - Interpretar, a partir de tabelas e gráficos, o fato de os países ao Sul constituírem a maioria da população mundial e participarem com uma pequena parcela no valor total do comércio mundial.
15 - Caracterizar as condições de vida e trabalho, a organização social e política e o uso e posse da terra das sociedades indígenas do Brasil, antes da chegada dos portugueses, durante a colonização e atualmente.
16 - Analisar as condições de vida e de trabalho escravo dos africanos trazidos para o Brasil durante o período da economia agro-exportadora açucareira, de mineração, da cafeicultura, bem como as formas de resistência à escravidão.
17 - Estabelecer relações entre o Renascimento, as Grandes Navegações, o mercantilismo, a expansão comercial européia ultramarina e a “descoberta” da América.
18 - Diferenciar os elementos constitutivos básicos do mundo antigo, do medieval e do mundo moderno em relação à organização social, política, ao uso e posse da terra.
19 - Identificar as diferentes classes sociais e seus projetos no processo da Revolução Francesa.

20 - Reconhecer as distinções entre as formas de colonização e poder das diferentes nações européias na América, compreendendo os processos de colonização das Américas: espanhola, portuguesa e inglesa.
21 - Comparar as mudanças sociais, econômicas e políticas no Brasil em diferentes épocas: durante a colonização portuguesa, o Império e a República Velha.
22 - Identificar os interesses que motivaram a I Guerra e a II Guerra Mundial, os países envolvidos, a política de alianças estabelecidas e a reorganização mundial.
23 - Analisar o período entre guerras, identificando fatores que levaram à crise de 1929, ao nazismo na Alemanha e ao fascismo na Itália.
24 - Identificar fatores que levaram à descolonização da África e da Ásia após a II Guerra Mundial.
25 - Analisar a Revolução de 30 e o “Estado Novo” no Brasil, situando no contexto social, político e econômico, o movimento operário, a Consolidação das Leis Trabalhistas, as repressões e o cerceamento dos direitos civis e políticos.
26 - Analisar o movimento de 1964 e a ditadura militar instaurada no Brasil, situando no contexto social, político e econômico, o alinhamento do país com os Estados Unidos, o cerceamento dos direitos políticos e civis e as lutas contra o regime.
27 - Relacionar o fim da Guerra Fria e as medidas de unificação européia com a desestruturação dos países socialistas.
28 - Situar no contexto político, social e econômico, a redemocratização do Brasil, pós-ditadura militar e o modelo de desenvolvimento excludente.

 

C) ÁREA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS


Componentes Curriculares: Física, Química, Biologia e Matemática

 

a) Gerais:


1 - Confrontar diferentes interpretações de fatos ou situações de natureza científico-tecnológica, comparando pontos de vista e identificando a validade das argumentações.
2 - Identificar e selecionar variáveis relevantes para interpretar experimentos ou fenômenos de natureza científico-tecnológica.
3 - Analisar dados apresentados em gráfico cartesiano de variável científico-tecnológica, identificando os valores das variáveis e as faixas de variação.
4 - Descrever fenômenos ou fatos de natureza científico-tecnológica em diferentes tipos de linguagem.
5 - Descrever transformações na atmosfera, biosfera, hidrosfera e litosfera, utilizando escalas de tempo.


b) Específicas:


1 - Reconhecer que os principais processos vitais ocorrem de modo semelhante nos seres vivos: síntese protéica, reprodução celular, síntese de energia, produção de matéria orgânica.
2 - Apontar o papel ecológico ou a importância econômica de vírus, bactérias, protistas e fungos, como por exemplo, nos ciclos da matéria, no controle populacional, na saúde pública, na produção de medicamentos, na indústria de alimentos e na agricultura.
3 - Relacionar adaptações morfofuncionais de plantas, como as existentes em árvores de mangue, aguapés, musgos, samambaias, cactos, vegetação de dunas, descritas em textos e/ou ilustrações, às especificidades do ambiente em que vivem.
4 - Relacionar adaptações morfofuncionais dos animais, como as existentes em vermes parasitas, peixes, rãs, jacarés, peixe-boi, golfinhos, onça, lobo-guará, macaco-prego descritas em textos e/ou ilustrações, às características dos ambientes em que vivem.
5 - Interpretar indicadores de saúde, como os de mortalidade infantil, expectativa de vida, coeficiente de doenças parasitárias, relativos às diferentes regiões brasileiras, ao Brasil e a outros países, apresentados em gráficos, tabelas ou textos discursivos.
6 - Selecionar, entre várias propostas, aquelas que representam a alternativa viável mais indicada para controlar e/ou erradicar doenças endêmicas ou epidêmicas, diminuir a ocorrência de doenças ocupacionais, degenerativas e reduzir a incidência de gravidez de risco.
7 - Associar, utilizando textos jornalísticos ou outros dados informativos, intervenções humanas inadequadas, como desmatamento seguido de ocupação desordenada do solo, destinação incorreta do lixo e de esgotos, com situações de desequilíbrio ambiental, como enchentes, deslizamento de terra e disseminação de doenças.
8 - Prever a manifestação de determinadas características humanas, de plantas cultiváveis ou de animais domésticos, baseando-se nos fundamentos da genética e utilizando princípios básicos de probabilidade.
9 - Analisar em exemplos reais, o papel da mutação, da recombinação genética e da seleção natural no processo evolutivo.
10 - Reconhecer a importância dos testes de DNA nos caso de determinação da paternidade, investigação criminal e identificação de indivíduos.
11 - Reconhecer, por meio da leitura de textos, os aspectos positivos e negativos, do ponto de vista biológico, ético, social e econômico decorrentes de processos de manipulação gênica, como clonagem molecular e suas aplicações, organismos transgênicos e terapia gênica.
12 - Estabelecer relação de correspondência entre uma transformação química e sua representação por meio de símbolos e equações químicas.
13 - Compreender procedimentos de separação e purificação de componentes de uma mistura em processos industriais, baseando-se nas propriedades de seus respectivos componentes.
14 - Prever, a partir dos dados experimentais de laboratório ou de operações industriais, massas de reagentes e produtos nas transformações químicas, usando as leis ponderais de Lavoisier e/ou Proust.
15 - Reconhecer variáveis que afetam a rapidez de uma transformação química, a partir dos dados experimentais ou processos industriais, apresentados sob a forma de tabelas e/ou gráficos.
16 - Estabelecer relações entre o significado de pH, seu valor e a importância de seu controle em situações cotidianas, tais como: emprego de produtos de limpeza e higiene, emprego de medicamentos antiácidos, uso em alimentos, chuva ácida e correção do pH do solo.
17- Relacionar a existência de vida no planeta com uma ou mais das seguintes propriedades da água: ação solvente, temperatura de fusão e de ebulição, pH, calor específico, pressão de vapor e densidade.
18 - Identificar, por meio de esquemas, o processo de obtenção do cloro, cloreto de sódio e soda cáustica, a partir da água do mar.
19- Distinguir, por meio de suas propriedades, produtos obtidos da destilação fracionada do petróleo, tais como: parafina, gasolina, óleo diesel e GLP.
20- Identificar as características funcionais de álcoois, aldeídos, cetonas, ácidos carboxílicos, ésteres, aminas, em produtos alimentícios, de limpeza e de higiene pessoal.
21- Identificar agentes poluentes, prever seus efeitos no ecossistema e no sistema produtivo e propor formas de intervenção para reduzir e controlar esses efeitos.
22 - Representar graficamente forças recíprocas associadas à interação entre objetos ou pessoas.

23 - Julgar a possibilidade de acidente em função de distância, velocidade e aceleração de frenagem de veículos.
24 - Avaliar ou dimensionar sistemas hidráulicos simples, utilizando conceitos de pressão ou vazão de líquidos associando-os à resolução de problemas de ordem prática.
25 - Compreender fenômenos atmosféricos como um sistema termodinâmico. Identificar e analisar as intervenções humanas nesse sistema emitindo juízo de valor.
26 - Reconhecer o caráter eletromagnético da luz e sua posição no espectro das radiações, relacionando propriedades como velocidade, freqüência e comprimento de onda.
27 - Interpretar problemas da visão em termos das alterações do globo ocular e utilização de lentes para correções de problemas e ampliação da visão através de instrumentos ópticos.
28 - Prever o consumo de energia no funcionamento de aparelhos elétricos resistivos, dadas às características do aparelho ou suas condições de funcionamento.
29 - Reconhecer um motor, gerador ou transmissor a partir de diagrama, ilustração ou descrição do funcionamento.
30 - Discutir riscos e benefícios das radiações nucleares como, por exemplo, lixo atômico ou radioterapia.
31 - Equacionar uso de energia pela família, pela cidade ou pelo país, em função de necessidades, fontes ou custos.
32 - Utilizar no contexto social, diferentes significados dos Números Naturais, Inteiros, Racionais ou Reais.
33 - Resolver situações-problema, utilizando representações algébricas e gráficas de grandezas diretamente proporcionais, inversamente proporcionais e grandezas nem direta nem inversamente proporcionais.
34 - Expressar algebricamente a dependência de uma variável em relação à outra, a partir da construção e análise de tabelas.
35 -.Interpretar ou aplicar modelos analíticos, envolvendo equações de 1º grau e sistemas lineares de 1º grau (com duas equações e duas incógnitas).
36 - Utilizar cálculo de porcentagem como recurso para construção de argumentos.
37 - Utilizar os conceitos de porcentagem e juros simples e compostos para a análise e resolução de problemas que envolvam investimentos, dívidas, descontos ou crediários.
38- Aplicar a noção de escalas na leitura de plantas ou mapas.
39 - Identificar características de polígonos ou sólidos (prismas, pirâmides, cilindros).
40- Estabelecer relações entre diferentes unidades de medida (comprimento, massa, capacidade, área e volume)
41 - Resolver situação-problema que envolva relações trigonométricas do triângulo retângulo
42 - Aplicar os princípios aditivo e multiplicativo, fazendo uso da divisão para eliminar agrupamentos repetitivos em situações-problema que envolvam contagens.
43 -.Resolver situação-problema que envolva contagem, utilizando representação como árvore de possibilidades ou tabela de dupla entrada.
44- Aplicar o conceito de probabilidade em situações-problema que envolvam eventos simultaneamente independentes ou mutuamente excludentes.
45 - Calcular a média aritmética de um conjunto de dados expressos em uma tabela de freqüência, de dados agrupados ou gráficos de colunas.
46 - Identificar informações apresentadas em tabelas ou gráficos (de coluna, de setores e de linha)..
47 - Utilizar informações expressas em gráficos ou tabelas para fazer inferências.


RELAÇÃO DE SITES PARA CONSULTAS:


Ensino Fundamental:
Língua Portuguesa, língua estrangeira, educação artística e educação física: livro do estudante: ensino fundamental/Coordenação: Zuleika de Felice Murrie. - 2. ed. - Brasília:MEC: INEP,2006. Site: http://www.inep.gov.br/basica/encceja/
História e Geografia :livro do estudante : ensino fundamental/Coordernação : Zuleika de Felice Murrie. - 2. ed. - Brasília : MEC: INEP,2006. Site: http://www.inep.gov.br/basica/encceja/
Matemática: livro do estudante : ensino fundamental/Coordernação : Zuleika de Felice Murrie. - 2. ed. - Brasília : MEC: INEP,2006. Site: http://www.inep.gov.br/basica/encceja/
Ciências: livro do estudante : ensino fundamental/Coordernação : Zuleika de Felice Murrie. - 2. ed. - Brasília : MEC: INEP,2006. Site: http://www.inep.gov.br/basica/encceja/
Saberes e fazeres,cadernos do professor /coordenação do projeto Ana Paula Brandão - Rio de Janeiro : Fundação Roberto Marinho,2006 - (A cor da Cultura). Site: http://www.acordacultura.org.br/
Atenção: Poderão ser Consultados Livros Didáticos do Ensino Fundamental.


Ensino Médio:
Ciências humanas e suas tecnologias: livro do estudante: ensino médio/ Coordenação: Zuleika de Felice Murrie. - 2. ed. - Brasília : MEC: INEP,2006. Site: http://www.inep.gov.br/basica/encceja/
Ciências da natureza e suas tecnologias: livro do estudante: ensino médio/ Coordernação : Zuleika de Felice Murrie. - 2. ed. - Brasília : MEC: INEP,2006. Site: http://www.inep.gov.br/basica/encceja/
Linguagens, códigos e suas tecnologias: livro do estudante: ensino médio/ Coordernação : Zuleika de Felice Murrie. - 2. ed. - Brasília : MEC: INEP,2006. Site: http://www.inep.gov.br/basica/encceja/
Matemática: livro do estudante: ensino médio/Coordernação : Zuleika de Felice Murrie. - 2. ed. - Brasília : MEC: INEP,2006. Site: http://www.inep.gov.br/basica/encceja/
Saberes e fazeres, cadernos do professor /coordenação do projeto Ana Paula Brandão - Rio de Janeiro: Fundação Roberto Marinho, 2006 - (A cor da Cultura). Site: http://www.acordacultura.org.br/
Atenção: Poderão ser Consultados os Livros Didáticos do Ensino Médio